A casa de reabilitação que usa uma horta orgânica para tratar dependentes químicos

Quando uma horta é mais do que uma simples horta.

Em Lorena, interior de São Paulo, existe uma casa de reabilitação que optou por um caminho diferente. Uma grande horta orgânica é usada como tratamento para os moradores da Comunidade Terapêutica Efraim.

4O projeto Fênix – iniciado em parceria com o Enactus da Escola de Engenharia de Lorena – vem transformando a vida de muitos dependentes químicos. O objetivo principal é fomentar o empreendedorismo a partir da gestão, produção e venda das hortaliças ali plantadas, mas os resultados do trabalho vão muito além.

A reconexão com a terra e com os ciclos naturais tem um enorme potencial de cura. Muito maior do que qualquer remédio tarja preta. Se estamos falando de “reabilitação”, nada melhor do que algo que toque profundamente a existência de um ser. Que volte a dar sentido a sua vida. Melhor ainda quando esse “algo” está conectado com a realidade do aqui-agora, como é o caso da horta.

Agradecemos por nos receber com sorrisos!

5

1

Nesse belo encontro, falamos com o Pardal, cofundador do projeto O Despertar do Gigante, e com o seu Maurício, membro mais atuante na manutenção do espaço da horta. Assista abaixo!

Conheça o PorQueNão? no Facebook, Instagram e YouTube! Um canal de mídia interdependente que difunde alternativas para uma sociedade mais inteligente e integrada.

Escrito por Viviane Noda

Comente aqui!

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *